Já imaginou pegar aquele temporal de final de tarde em São Paulo? Tudo cinza e escuro, aquela torrente de água batendo contra o para-brisas, você dirigindo por uma região que nunca dirigiu antes, e para ajudar a bateria do celular acabou e você se lembra apenas das instruções que recebeu ao sair para seu destino. Parece caótico, mas muitas empresas, grandes inclusive, gerenciam seu fluxo de vendas assim.

Um dos grandes “gaps” do varejo está relacionado as informações do que acontece no interior do seus PDVs. Perguntas que estão sendo respondidas a décadas no varejo online, ainda engatinham para serem respondidas no offline.

Questionamentos como os descritos abaixo são um tormento para gestores do varejo:

Suas vendas caíram porque o fluxo diminuiu? Ou porque a taxa de conversão nas lojas piorou?

São respostas imprescindíveis para qualquer gestão eficiente. O básico do básico para analisar e definir uma estratégia na área comercial e de marketing. Mas que por mais que hajam esforços para isso, análises subjetivas acabam prevalecendo e a direção se torna tão perigosa quanto nosso amigo perdido em São Paulo.

Hoje em dia, a utilização de tecnologias como IOT, Machine Learning e Small Data, é possível resolver grande parte desses problemas. E oferecer ao varejo offline, os mesmos níveis de assertividade na gestão que encontramos no online.

Informações importantíssimas para quem deseja:

Como diria W.E. Deming “O que não se mede, não se gerencia“.

A revolução tecnológica tem alcançado a indústria, a medicina, os governos, a educação. E chegou o momento de invadir o varejo e promover uma transformação digital, um aculturamento de gestão cada vez mais assertivo e focado em métricas reais de desempenho.

Conte com a TOOQ para transformar a sua gestão e os seus resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *